Título da página de arquivo

Autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et dolore feugait.

Arquivo diário 2 Setembro, 2021

Dia 1 – A Bordo do Connecting Europe Express – Por Carlos Cipriano, Jornalista do Público

LISBOA – COVILHÃ
O Connecting Europe Express é uma iniciativa da Comissão Europeia que pretende comemorar o Ano Europeu do Transporte Ferroviário, chamando a atenção para a importância do comboio enquanto modo de transporte amigo do ambiente, mais seguro, mais económico e mais sustentável.
Previsto inicialmente para Julho, aquando do fim da presidência portuguesa do Conselho da UE, este projecto foi adiado devido à pandemia e teve na quinta-feira, 2 de Setembro, o seu ponto de partida com uma conferência realizada em Lisboa dedicada à alta velocidade ferroviária, que contou com a presença da comissária europeia dos Transportes, Adina Valean.
O comboio europeu vai percorrer 26 países e cruzar 33 fronteiras ao longo de 36 dias. Deverá chegar a Paris a 7 de Outubro depois de uma autêntica volta à Europa sobre carris.
A primeira etapa decorreu entre Lisboa e a Covilhã. A composição foi formada por uma locomotiva da CP que rebocava seis carruagens espanholas Talgo. Será este comboio que fará o percurso até Madrid e Hendaya. Depois, devido à diferença de bitola (distância entre carris), será uma outra composição a fazer o percurso pela Europa central. Entretanto, e devido também a uma bitola diferente, um terceiro comboio percorrerá os países Bálticos.
Na verdade já existe hoje tecnologia para fazer circular um único comboio por todos os países do Velho Continente. Há locomotivas interoperáveis e carruagens com eixos que “encolhem” ou “esticam” por forma a que os rodados se adaptem às diferentes bitolas. Mas a comissária Adina Valean diz que preferiram evidenciar as dificuldades que a Europa ferroviária enfrenta ao nível da interoperabilidade.
O primeiro dia de viagem decorreu em ambiente festivo, com governantes, especialistas, técnicos e jornalistas a bordo. Após o Entroncamento, o Connecting Europe Express circulou pela linha da Beira Baixa, cuja paisagem deslumbrou sobretudo os estrangeiros a bordo. É que a linha férrea decorre, durante dezenas de quilómetros, ao lado do rio Tejo.
Às 17h51, com dez minutos de atraso o comboio europeu chegou à Covilhã, concluindo a primeira das suas 35 etapas pela Europa.
Carlos Cipriano
• Carlos Cipriano, natural do Bombarral e residente nas Caldas da Rainha, é jornalista do Público e aceitou pro bono partilhar com o Europe Direct Oeste, Lezíria e Médio Tejo a sua experiência a bordo do Connecting Europe Express durante os próximos dias.
Comissária Europeia dos Transportes, Adina Valean, a dar uma entrevista a uma televisão francesa.
Nuno Freitas, presidente da CP, e Frederico Francisco, coordenador do Plano Ferroviário Nacional.
Governantes portugueses ladeados de responsáveis da Comissão Europeia.
Paragem técnica para cruzar com outro comboio na estação de Sarnadas (Beira Baixa).
Jovens de Tortosendo na estação da Covilhã a oferecer flores aos passageiros.2