Título da página de autor

Autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et dolore feugait.

Author Archive by Sandra Geada

Dia 3 – A Bordo do Connecting Europe Express – Por Carlos Cipriano, Jornalista do Público

MADRID – BORDÉUS
Às 6h14 é noite escura em Madrid, à hora em que o Connecting Europe Express parte da estação de Príncipe Pío, mas em breve o sol faz a sua quando, ultrapassada a serra, a composição atravessa as extensas planícies de Castela. Uma terra castanha, pueblos semi-desertos, gado que pasta à beira da linha.
As paragens são breves. Em Valladolid, Miranda de Ebro, San Sebastian e finalmente Irún, a última estação espanhola. A seguir cruza-se um rio e entramos em Hendaya, França, onde haverá mais uma cerimónia de boas vindas ao Comboio Europeu.
Mas aqui tudo muda. Despedimo-nos da velha composição espanhola. Estas carruagens Talgo terão feito a sua última viagem e devem ser em breve abatidas ou vendidas para o estrangeiro. Na plataforma ao lado está uma nova composição que é em si mesmo um exemplo de cooperação europeia na ferrovia: uma locomotiva francesa reboca uma carruagem húngara (transformada em espaço para exposições), uma carruagem alemã e outra francesa, esta última equipada com sala de reuniões onde irá decorrer uma conferência a bordo com quadros da SNCF. Segue-se a carruagem italiana, com bar e restaurante, e depois a suíça, sem dúvida a mais glamorosa de todas porque é uma carruagem panorâmica, envidraçada, que proporciona uma experiência de viagem ímpar. Por fim, uma carruagem-cama dos caminhos-de-ferro austríacos, uma montra de como é possível atravessar a Europa em viagens nocturnas confortáveis como se se estivesse num hotel.
A partida do Connecting Europe Express é feita em ambiente festivo e duas horas depois estamos em Bordéus onde os franceses não deixaram os seus créditos por mãos alheias para receber condignamente esta composição. A cerimónia incluiu uma longa sessão de discursos onde falaram as autoridades locais e regionais bem como responsáveis da Comissão Europeia e da SNCF. Como sempre, a tónica foi sobre as virtudes do modo ferroviário em termos de segurança, economia e sustentabilidade ambiental. Os políticos da Aquitânia não perderam, claro, a oportunidade para exigir ao Estado francês mais dinheiro para investir nas infra-estruturas ferroviárias.
Carlos Cipriano
• Carlos Cipriano, natural do Bombarral e residente nas Caldas da Rainha, é jornalista do Público e aceitou pro bono partilhar com o Europe Direct Oeste, Lezíria e Médio Tejo a sua experiência a bordo do Connecting Europe Express durante os próximos dias.
Laurent Montré, maquinista da SNCF que conduziu o Comboio Europeu na primeira etapa em França.
Pormenor da carruagem-cama austríaca.

Dia 2 – A Bordo do Connecting Europe Express – Por Carlos Cipriano, Jornalista do Público

COVILHÃ – MADRID
No segundo dia de viagem o Connecting Europe Express saiu da Covilhã às 8h20 e chegou a Madrid às 15h21, cinco minutos antes do previsto. No entretanto, as seis carruagens deste comboio tiveram de ser rebocadas por três locomotivas diferentes, provando que, afinal, apesar de todos os discursos em prol da interoperabilidade ferroviária, a realidade demonstra o contrário. Eis as razões:
– Em Vilar Formoso a locomotiva eléctrica da CP deu lugar a uma locomotiva a diesel da Renfe. Do lado espanhol a linha não está electrificada desde a fronteira até Salamanca.
– Em Medina del Campo a locomotiva a diesel foi substituída por uma outra locomotiva espanhola, mas eléctrica porque, dali até Madrid, a linha já tem catenária (fio de alta tensão).
Há, curiosamente, locomotivas que estão preparadas para circular em linhas electrificadas e em linhas sem catenária, mas não foi essa a opção da Renfe para operar este comboio, que hoje, já em velocidade de cruzeiro, teve um ambiente menos festivo.
Em Vilar Formoso a comitiva portuguesa, presidida pelo secretário de Estado dos Transporte, Jorge Delgado, e presidentes da CP e IP, respectivamente, Nuno Freitas e António Laranjo, retiraram-se e o comboio europeu prosseguiu viagem, agora com um representante (um assessor) do governo espanhol a bordo. A travessia das vastas planícies de Castela foi algo monótona – rectas a perder de vista, um balancear suave que convidava a dormitar. Mas houve alguma emoção à passagem por Salamanca. O Connecting Europe Express não tinha paragem prevista, mas deu para ver, durante breves segundos, que havia uma manifestação na estação com ferroviários a defender o regresso dos comboios nacionais e internacionais que a Renfe suspendeu devido à pandemia e que, de mansinho, aproveitou para não repôr em operação, alegando agora que davam prejuízo. É o caso do Lusitânia Expresso, que circulava entre Lisboa e Madrid e que deixou de circular fazendo com que estas duas cidades sejam das poucas capitais europeias que não têm uma relação ferroviária.
Em Medina del Campo o comboio europeu foi aplaudido por uma comitiva do governo regional. E em Madrid, foi a própria secretária de Estado dos Transportes, Isabel de Vera, que presidiu a uma cerimónia, na qual afirmou que “o Connecting Europe Express é um símbolo que representa os valores e objectivos que a União Europeia persegue desde a sua criação – uma Europa Europa livre, culta, unida e interligada, una Europa coesa e uma Europa verde e sustentável.”
Carlos Cipriano
• Carlos Cipriano, natural do Bombarral e residente nas Caldas da Rainha, é jornalista do Público e aceitou pro bono partilhar com o Europe Direct Oeste, Lezíria e Médio Tejo a sua experiência a bordo do Connecting Europe Express durante os próximos dias.
GNR e Guardia Civil em Vilar Formoso.
Recepção em Medina del Campo.
Chegada à estação de Madrid Príncipe Pío.
30

Dia 1 – A Bordo do Connecting Europe Express – Por Carlos Cipriano, Jornalista do Público

LISBOA – COVILHÃ
O Connecting Europe Express é uma iniciativa da Comissão Europeia que pretende comemorar o Ano Europeu do Transporte Ferroviário, chamando a atenção para a importância do comboio enquanto modo de transporte amigo do ambiente, mais seguro, mais económico e mais sustentável.
Previsto inicialmente para Julho, aquando do fim da presidência portuguesa do Conselho da UE, este projecto foi adiado devido à pandemia e teve na quinta-feira, 2 de Setembro, o seu ponto de partida com uma conferência realizada em Lisboa dedicada à alta velocidade ferroviária, que contou com a presença da comissária europeia dos Transportes, Adina Valean.
O comboio europeu vai percorrer 26 países e cruzar 33 fronteiras ao longo de 36 dias. Deverá chegar a Paris a 7 de Outubro depois de uma autêntica volta à Europa sobre carris.
A primeira etapa decorreu entre Lisboa e a Covilhã. A composição foi formada por uma locomotiva da CP que rebocava seis carruagens espanholas Talgo. Será este comboio que fará o percurso até Madrid e Hendaya. Depois, devido à diferença de bitola (distância entre carris), será uma outra composição a fazer o percurso pela Europa central. Entretanto, e devido também a uma bitola diferente, um terceiro comboio percorrerá os países Bálticos.
Na verdade já existe hoje tecnologia para fazer circular um único comboio por todos os países do Velho Continente. Há locomotivas interoperáveis e carruagens com eixos que “encolhem” ou “esticam” por forma a que os rodados se adaptem às diferentes bitolas. Mas a comissária Adina Valean diz que preferiram evidenciar as dificuldades que a Europa ferroviária enfrenta ao nível da interoperabilidade.
O primeiro dia de viagem decorreu em ambiente festivo, com governantes, especialistas, técnicos e jornalistas a bordo. Após o Entroncamento, o Connecting Europe Express circulou pela linha da Beira Baixa, cuja paisagem deslumbrou sobretudo os estrangeiros a bordo. É que a linha férrea decorre, durante dezenas de quilómetros, ao lado do rio Tejo.
Às 17h51, com dez minutos de atraso o comboio europeu chegou à Covilhã, concluindo a primeira das suas 35 etapas pela Europa.
Carlos Cipriano
• Carlos Cipriano, natural do Bombarral e residente nas Caldas da Rainha, é jornalista do Público e aceitou pro bono partilhar com o Europe Direct Oeste, Lezíria e Médio Tejo a sua experiência a bordo do Connecting Europe Express durante os próximos dias.
Comissária Europeia dos Transportes, Adina Valean, a dar uma entrevista a uma televisão francesa.
Nuno Freitas, presidente da CP, e Frederico Francisco, coordenador do Plano Ferroviário Nacional.
Governantes portugueses ladeados de responsáveis da Comissão Europeia.
Paragem técnica para cruzar com outro comboio na estação de Sarnadas (Beira Baixa).
Jovens de Tortosendo na estação da Covilhã a oferecer flores aos passageiros.2

Comissária Europeia dos Transportes em Lisboa para celebrar Ano Europeu do Transporte Ferroviário e encontros com autoridades portuguesas

A Comissária Europeia dos Transportes, Adina Valean, estará em Lisboa, nos dias 1 e 2 de setembro, para participar na cerimónia de partida do “Connecting Europe Express” e outros eventos relacionados com a área da sua tutela, e também para encontros com as autoridades portuguesas.

No dia 1 de setembro, quarta-feira, pelas 14:45, a Comissária participa no encerramento da apresentação do Relatório Ambiental do Transporte Marítimo Europeu, elaborado pela Agência Europeia da Segurança Marítima (EMSA), entidade sedeada na capital portuguesa e que se encontra sob sua tutela, em conjunto com a Agência Europeia do Ambiente (AEA). O evento terá lugar nas instalações da EMSA.

Às 16:30, a Comissária Valean será recebida pelos deputados Comissão de Assuntos Europeus da Assembleia da República e, pelas 18:30, reúne com o Ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, nas instalações do ministério. Após o encontro, às 19:15, os dois responsáveis efetuarão declarações à imprensa.

Na quinta-feira, dia 2 de setembro, Adina Valean participa na conferência “Connecting Europe Express”: Ligações ferroviárias de alta velocidade e de cidade a cidade, que decorre a partir das 9:00, nas instalações da Agência Europeia da Segurança Marítima. O registo para a conferência pode ser efetuado aqui.

Pelas 14:15, na Gare do Oriente, tem início a cerimónia de partida do “Connecting Europe Express“, um comboio especial, organizado no âmbito do Ano Europeu do Transporte Ferroviário, que vai percorrer toda a União Europeia numa viagem que termina em Paris, no dia 7 de Outubro. O registo para a cerimónia pode ser efetuado aqui.

Após a cerimónia e antes da partida do comboio, a Comissária Adina Valean e o Ministro Pedro Nuno Santos participam numa conferência de imprensa conjunta, também na Gare do Oriente, às 15:10.

A primeira visita da Comissária dos Transportes a Portugal encerra com um debate aberto com cidadãos portugueses sobre mobilidade sustentável. Este Diálogo com os Cidadãos decorrerá em formato híbrido no hotel Myriad, a partir das 16:30, e conta ainda com a participação do Secretário de Estado para a Mobilidade, Eduardo Pinheiro. A participação neste evento é aberta, as inscrições estão limitadas ao número de lugares disponível e sujeitas a confirmação. O debate será também transmitido online nas redes sociais da Representação da Comissão (TwitterFacebook) e em inglês através da conta de Twitter da Direção Geral dos Transportes da Comissão Europeia.

Mais informação aqui.

Ano Europeu do Transporte Ferroviário: Connecting Europe Express parte de Lisboa no dia 2 de Setembro

O “Connecting Europe Express“, um comboio especial organizado no âmbito do Ano Europeu do Transporte Ferroviário, vai partir da Gare do Oriente, em Lisboa, no dia 2 de Setembro, numa viagem através da União Europeia, com mais de uma centena de paragens, e chegada prevista para Paris, no dia 7 de Outubro.

O momento será precedido de uma cerimónia, também na Gare do Oriente, que contará com a participação da Comissária Europeia dos Transportes, Adina Vălean, e do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos. O programa do evento está disponível aqui e o itinerário e horário completos da viagem podem ser encontrados aqui.

No mesmo dia, da parte da manhã, decorrerá a conferência “Connecting Europe Express”: Ligações ferroviárias de alta velocidade e de cidade a cidade, nas instalações da Agência Europeia da Segurança Marítima, em Lisboa.

Ao longo do percurso do “Connecting Europe Express”, estão previstos vários eventos para acolher o comboio em estações ferroviárias de toda a Europa, incluindo conferências sobre a política de infra-estruturas da UE e o papel da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T) em Lisboa, Bucareste, Berlim e Bettembourg.

Contacto para a imprensa e inscrições: info@connectingeuropeexpress.eu

Mais informações:

Trajeto e horário do “Connecting Europe Express

Perguntas mais frequentes sobre o “Connecting Europe Express”

Parceiros do “Connecting Europe Express”

Ano Europeu do Transporte Ferroviário

Fonte: Representação da Comissão Europeia em Portugal

Ursula von der Leyen profere o discurso anual sobre o Estado da União Europeia (SOTEU)

No dia 15 de setembro de 2021, a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, proferirá o discurso anual sobre o Estado da União Europeia (SOTEU) perante o Parlamento Europeu, ocasião em que apresentará aos eurodeputados e aos cidadãos a sua visão da atual situação da União Europeia e do mundo e as suas propostas para o ano que se segue.

O discurso terá lugar na quarta-feira, 15 de setembro de 2021, às 8h00 (hora de Portugal continental), na sede do Parlamento Europeu, em Estrasburgo (dependendo da situação epidemiológica). Este será o seu segundo discurso como Presidente da Comissão Europeia e será seguido de um debate em plenária com membros do Parlamento Europeu.

O discurso e o debate em plenária serão transmitidos em direto no canal EbS– Europe by Satellite, o serviço europeu de radiodifusão – e qualquer meio de comunicação social pode pedir para usar o sinal para retransmissão, assim como usar as gravações em bruto de forma gratuita. Conheça todos os serviços da EBS aqui. A transmissão na EBS terá início cerca de 20-25 minutos antes do discurso, concentrando-se na Presidente durante o seu discurso e nas reações dos líderes dos grupos políticos durante o debate que avaliarão o trabalho da Comissão Europeia e realizarão a exposição das suas opiniões sobre os planos futuros da Comissão.

O primeiro SOTEU da Presidente Ursula von der Leyen aconteceu a 16 de setembro de 2020. Pode encontrar o discurso completo em texto e em vídeo e outros recursos relacionados na página dedicada ao SOTEU 2020.

A Comissão Europeia irá lançar uma página web dedicada ao discurso deste ano – ec.europa.eu/SOTEU2021 – no início de setembro contendo materiais de contexto e recursos audiovisuais e de imprensa, bem como ligações para os canais das redes sociais. Esta página web estará disponível em todas as línguas da UE.

Comissão Europeia lança convites no valor de 12 milhões de euros para apoiar meios de comunicação social e esfera pública da UE

A Comissão publicou quatro novos convites à apresentação de propostas destinados a estimular uma esfera pública viva e diversificada e a promover o acesso dos cidadãos a informações fiáveis em toda a UE.

Um dos convites à apresentação de propostas apoiará conteúdos mediáticos multilingues sobre assuntos da UE através de plataformas digitais, enquanto outro visa aumentar a produção de conteúdos neste domínio através de uma rede de estações de rádio.

Além disso, um projeto-piloto apoiará redes de comunicação em linha para jovens que produzam conteúdos estimulantes sobre a atualidade através de formatos e eventos nas redes sociais. Por último, uma ação preparatória para as plataformas europeias de meios de comunicação social procura melhorar o acesso dos cidadãos a informações fiáveis, envolvendo os organismos de radiodifusão e os editores.

Em conjunto, os convites à apresentação de propostas representam cerca de 12 milhões de euros de financiamento da UE. Todos os projetos financiados funcionarão com total independência editorial.

Os novos convites têm por base dois outros recentemente lançados para apoiar o setor dos meios de comunicação social: um convite à apresentação de propostas para parcerias jornalísticas destinadas a incentivar a colaboração setorial e transfronteiras entre organizações europeias de comunicação social no âmbito do novo programa Europa Criativa, bem como um convite à apresentação de propostas financiado através do Horizonte Europa, para o apoio a projetos centrados na inovação para os meios de comunicação social.

Estas iniciativas fazem parte de um esforço mais vasto para apoiar um ambiente mediático livre, viável e pluralista em toda a UE, tal como anunciado no Plano de Ação para a Democracia Europeia e no Plano de Ação para os Meios de Comunicação Social e o Setor Audiovisual.

Estão disponíveis mais informações sobre estes e outros convites à apresentação de propostas em apoio do setor dos meios de comunicação social e foi também publicada uma ferramenta interativa para ajudar a encontrar oportunidades de financiamento. Os profissionais dos meios de comunicação social também podem encontrar assistência a nível nacional através dos centros de informação Europa Criativa.

Bolsas Jean Monnet – Candidaturas até 25 de Outubro

O Centro Robert Schuman de Estudos Avançados tem abertas candidaturas às bolsas Jean Monnet, até dia 25 de outubro de 2021.
Quem? candidatos de todas as nacionalidades, que tenham obtido o doutoramento há mais de 5 anos antes do início da bolsa.
Duração: 1 ano (setembro a agosto do ano seguinte).
Bolsa mensal: 2 500 euros.
Local: Florença.
ℹ https://eurocid.mne.gov.pt/bolsas/bolsas-de-pos-doutoramento-jean-monnet-centro-robert-schuman-iue

Connecting Europe Express

Parte de Lisboa, a 2 de setembro, o Connecting Europe Express, uma das iniciativas mais emblemáticas do Ano Europeu do Transporte Ferroviário 2021.
Esta viagem de comboio pela União Europeia tem por objetivo promover os muitos benefícios do transporte ferroviário – para os passageiros, as mercadorias e o ambiente – ajudando a UE a cumprir os seus ambiciosos objetivos de neutralidade climática, tal como estabelecido no Pacto Ecológico Europeu e na Estratégia de Mobilidade Sustentável e Inteligente da Comissão Europeia.