COVID-19: Investir na investigação para enfrentar a atual e as futuras crises

As medidas de resposta à crise do COVID-19 devem ser complementadas com fundos para os programas de investigação da UE, diz a Comissão da Indústria e Investigação do Parlamento Europeu.
 

“Saudamos as medidas tomadas pela comissária europeia com a pasta da Investigação, Mariya Gabriel, e a mobilização de cerca de 140 milhões de euros para combater o COVID-19. A Comissão agiu rapidamente ao lançar um convite especial à manifestação de interesse no âmbito do Horizonte 2020 [programa de investigação e inovação da UE] e ao envolver as partes interessadas na parceria público-privada relativa à Iniciativa sobre Medicamentos Inovadores”, disse o relator do Parlamento Europeu sobre o programa Horizonte 2020, Christian Ehler (PPE, Alemanha).

 

“Temos de começar a pensar no futuro para estarmos melhor preparados. A investigação e o desenvolvimento têm claramente um papel importante a desempenhar na abordagem dos desafios globais. Esta é mais uma razão para apoiar a nossa proposta de 120 mil milhões de euros para o Horizonte Europa [para 2021-2027]”, acrescentou.

 

Um teste à nossa capacidade de trabalharmos em conjunto

 

“A principal prioridade agora é conter a propagação do vírus. Nos bastidores, está a ser realizada investigação de emergência para se encontrar um tratamento e uma vacina. A elevada taxa de contágio do vírus deve fazer-nos compreender que o nosso mundo, interligado, diminuiu consideravelmente e que uma ação conjunta e coordenada entre Estados é a única forma de lidar com esta crise”, afirmou o eurodeputado.

 

“Esta crise é um teste à nossa capacidade de trabalharmos em conjunto numa situação de emergência, por um lado, e, por outro lado, de permanecermos fiéis aos nossos objetivos a longo prazo”, salientou.

 

“Quando esta crise terminar, temos de nos preparar imediatamente para a próxima. Isso significa investir mais em investigação e garantir que programas como o Horizonte Europa não fiquem reféns de querelas de curto prazo entre os Estados-Membros”, concluiu.

 

Fundos da UE e da indústria para a Iniciativa sobre Medicamentos Inovadores

 

A Iniciativa sobre Medicamentos Inovadores (IMI), uma parceria público-privada entre a Comissão Europeia e a indústria farmacêutica, lançou hoje um convite à apresentação de propostas de investigação para desenvolver tratamentos e diagnósticos em resposta ao surto do COVID-19. O programa de investigação e inovação da UE, Horizonte 2020, contribuirá com um montante que poderá chegar aos 45 milhões de euros.

 

Este convite à apresentação de propostas faz parte da resposta coordenada da UE ao COVID-19 e complementa o financiamento para a investigação de emergência mobilizado recentemente no âmbito do Horizonte 2020.

 

Pode encontrar mais informações sobre o convite IMI aqui e as ações de investigação da UE sobre o COVID-19 aqui.

 

Para saber mais
O que pode fazer a UE para aliviar o impacto da crise do coronavírus? (Serviço de Estudos do PE)
Sítio Web da comissão parlamentar da Indústria, da Investigação e da Energia

Fonte: Parlamento Europeu @ https://www.europarl.europa.eu/news/pt/press-room/20200319IPR75304/covid-19-investir-na-investigacao-para-enfrentar-a-atual-e-as-futuras-crises

Foto: ©Vectorfusionart/AdobeStock

Sandra Geada

Deixe uma resposta