Primeiros 100 dias da Comissão von der Leyen: primeiras grandes etapas da nossa viagem

Lisboa, 9 de março de 2020.
Primeiros 100 dias da Comissão von der Leyen: primeiras grandes etapas da nossa viagem
Esta manhã, a presidente Ursula von der Leyen apresentou numa conferência de imprensa os principais desafios com que a Comissão se confronta no 100.º dia do seu mandato. A Comissão está agora a enfrentar novas prioridades prementes, como a situação na fronteira entre a Grécia e a Turquia e o surto de COVID-19. Ao mesmo tempo, continuamos empenhados em prosseguir o trabalho sobre a dupla transição rumo a uma Europa ecológica e digital, lutando em todas as frentes. Mais logo, a presidente von der Leyen reunirá com o presidente da Turquia para debater soluções no sentido de pôr fim à pressão nas fronteiras externas da UE. Paralelamente, a Comissão coordena um esforço à escala da UE para resolver a questão dos menores não acompanhados nas ilhas gregas. Quanto ao surto de COVID-19, a equipa de resposta da Comissão está a trabalhar com os Estados-Membros no que respeita à preparação, avaliação dos riscos, aquisição conjunta e financiamento da investigação sobre diagnóstico, tratamento e vacinas. Tendo em conta estas novas prioridades, a presidente von der Leyen salientou a necessidade de um acordo rápido sobre o próximo orçamento de longo prazo da UE, agora mais do que nunca. Relativamente à dupla transição que a Europa enfrenta, a Comissão von der Leyen passou das palavras às ações nos seus primeiros 100 dias. O Pacto Ecológico Europeu enviou uma mensagem clara ao mundo e a Lei Europeia do Clima, apresentada na semana passada, transformou em legislação vinculativa a nossa ambição de sermos o primeiro continente com impacto neutro no clima até 2050. No domínio digital, a Comissão introduziu marcos importantes, com uma posição comum sobre os riscos associados à implantação de redes 5G, um Livro Branco sobre a inteligência artificial e uma estratégia para os dados.
(Desenvolvimento em ip_20_403, mex_20_424, neste sítio Web e artigo de opinião da presidente)

Fonte: Representação da Comissão Europeia em Portugal

Sandra Geada

Deixe uma resposta